Volta às aulas: Como preparar seu filho para o retorno à rotina

Estamos no fim do semestre e os alunos só pensam em partir para as tão sonhadas férias antes de encarar as obrigações do segundo semestre. Mais importante do que curtir o descanso é preparar os pequenos para o retorno à rotina, principalmente crianças entre 2 e 6 anos, idade em que os filhos sentem mais esse afastamento dos pais.

Reunimos algumas dicas para que o retorno seja tranquilo e sem traumas.

  • Diálogo é essencial! Segundo psicólogos, explicar sobre este retorno semanas antes é o primeiro passo para esta readaptação. Ouvir as queixas dos filhos, criar uma contagem regressiva e, principalmente aceitar que se trata de um momento delicado de separação.
  • Quando a criança, em seus primeiros dias de aula, diz que não quer ir à escola, faz escândalo e apresenta um quadro de desespero pela separação, os pais devem manter o acolhimento e a calma. Explicar a importância da escola, do aprendizado e das amizades. Não trate o ambiente escolar como algo punitivo, tampouco ofereça recompensas – como presentes – para que o filho vá estudar.
  • Caso a criança apresente mudanças de comportamento exageradas, ou um quadro de mau humor atípico, vale observar e acompanhar com mais atenção; pode ser algo mais sério do que a ansiedade do início das aulas. O bullying é algo a se considerar, assim como o mau desempenho escolar e a dificuldade de socialização.

Nesses casos, mantenha uma relação próxima e, se necessário, procure ajuda profissional.

  • Caso a escola seja nova, planeje para que a transferência não coincida com outro acontecimento de impacto, como mudança de casa, separações etc.

O acompanhamento precisa ser próximo nos primeiros dias.

A escola é um universo mágico, repleto de aprendizado e lições de vida.

Gostou? Compartilhe!
error20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *