Como aproveitar o tempo livre com as crianças durante as férias escolares

O período das férias é sinônimo de diversão para as crianças e de preocupação para muitos pais: como entreter os pequenos durante o tempo livre? Para os que não conseguem viajar em julho, manter os filhos ocupados pode ser um desafio. Mas o tempo ocioso é também uma oportunidade para criar atividades e passeios em família. Veja abaixo algumas dicas do que fazer com as crianças sem custos ou gastando pouco.

1 – Atividades ao ar livre

Trocar os shoppings pelos parques é uma boa opção para quem tem crianças e adolescentes em férias escolares. São Paulo tem diversas parques públicos que oferecem boa estrutura e atividades para crianças. Na zona leste, o Parque do Carmo, o Parque Linear Tiquatira, o Ceret e o Piqueri são bons exemplos. Os benefícios das atividades ao ar livre e do contato com a natureza incluem o estímulo à criatividade, o fortalecimento dos vínculos sociais e o aprendizado ativo e explorador.

2 – Jogos de tabuleiro

Se seu filho já tem idade para entender regras, jogos de tabuleiro são ótimas pedidas. Jogar com a família intensifica o convívio, favorece o pensamento estratégico e ajuda a conviver com a derrota e a frustração. A concentração, o trabalho em equipe e a paciência para esperar a vez também são importantes aprendizados. A diversão é garantida e não custa nada.

3 – Brincadeiras antigas

Amarelinha, bola de gude, cantigas de roda, pipa. A lista de brincadeiras antigas é extensa e apresentar ao seu filho as atividades do passado pode ser muito divertido e enriquecedor. As brincadeiras analógicas ajudam no desenvolvimento infantil e geram trocas entre pais e filhos. Os brinquedos tecnológicos são os preferidos da maioria das crianças, mas pesquisas já apontam que o excesso de telas pode favorecer problemas de visão e Déficit de Atenção e Hiperatividade.

4 – Passeios culturais

Cinema, museus, teatro, contações de história. As grandes cidades oferecem diversas opções de atividades culturais gratuitas ou de baixo custo. Em São Paulo, as unidades do Sesc costumam ser boas alternativas, já que intensificam a programação para crianças nesse período do ano.

5 – Manter contato com os colegas

Receber os amigos é uma forma agradável de manter o contato e a socialização. Permanecer com as crianças unidas favorece vínculos que podem perdurar durante a vida toda e resultam em boas memórias. Em grupos, é mais fácil mantê-los ocupados e o convívio é benéfico para todos.

6 – Incentive o hábito da leitura

Que tal visitar uma biblioteca durante as férias? A leitura é uma fonte de cultura, aprendizado e lazer. Visitar uma biblioteca pública não custa nada, estimula a imaginação e aumenta o vocabulário. Apreciar o patrimônio público é uma bela lição a ser passada para os pequenos e o período de recesso escolar é ideal para isso. Para saber qual é a biblioteca mais perto de você, acesse o site da prefeitura.

7 – Cozinha

Cozinhar faz com que crianças de todas as idades estimulem os cinco sentidos, ganhem autonomia e independência e aprendam uma habilidade que será muito necessária na vida adulta. Com a supervisão de um adulto, a cozinha pode ser um ótimo local para as crianças. Há ainda a vantagem de que o preparo do alimento ajuda os que tem um paladar mais seletivo. Pesquisa feita pela Nestlé, na Suíça, apontou que crianças que cozinham com os pais comem mais verduras e legumes.

8 – Artesanato

Atividades artísticas ajudam a soltar a criatividade e estimulam a coordenação motora fina, a mesmo necessária para a escrita, por exemplo. Com tinta, papeis coloridos e sucata, materiais de fácil acesso, há inúmeras alternativas para a produção de brinquedos. Meias velhas podem virar fantoches, garrafas pet se transformam em cataventos, palitos de sorvete viram porta-lápis. A brincadeira mantém os pequenos entretidos e ensina importantes valores de conscientização através da reciclagem.

9 – Sessão pipoca

Assistir a filmes é um clássico das férias, não é? Mas não precisa ser no cinema. Aproveite o frio, prepare a pipoca e o cobertor e aproveite com as crianças.

10 – Atividades solidárias

Estimular a solidariedade é algo que deve ser feito durante todo o ano. Aproveite o inverno para doar roupas que não servem mais nos pequenos e fazer uma seleção nos brinquedos. Há muitas entidades assistenciais que retiram doações ou aceitam visitas. As igrejas também costumam realizar bazares com itens doados. Insira as crianças e adolescentes nesse contexto. Os ganhos são para a vida toda.

Gostou? Compartilhe!
error20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *