A importância do esporte em todas as etapas da vida escolar

Benefícios à saúde, melhora na socialização, autonomia e disciplina estão entre os ganhos

Por vezes pouco valorizada na grade curricular, a Educação Física é de extrema importância dentro do ambiente escolar. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que 81% dos adolescentes entre 11 e 17 anos não praticam uma quantidade satisfatória de exercícios físicos. Para ser considerado ativo, um jovem nessa idade precisa praticar ao menos 60 minutos de atividade física moderada ou intensa todos os dias. Os padrões rígidos são novos objetivos definidos pela Entidade para combater as doenças ligadas à inatividade física na vida adulta, como maior risco de infarto e AVC (Acidente Vascular Cerebral) e a alguns tipos de câncer.

O condicionamento físico e a postura corporal são favorecidos pela prática regular de atividades. Para as crianças pequenas, o maior proveito dos exercícios é o desenvolvimento psicomotor. O aluno aprende as potencialidades do corpo, como pular, caminhar, interagir, correr e controlar o espaço físico, por exemplo. Para os adolescentes, exercitar-se ajuda a lidar com as mudanças corporais decorrentes da puberdade e libera endorfina, hormônio associado ao prazer e à sensação de bem-estar.

Mas as vantagens da prática esportiva vão muito além da saúde física. Especialistas são unânimes em afirmar que inserir os esportes na escola ajuda a desenvolver o trabalho em equipe, aumenta o grau de disciplina e responsabilidade e o nível de consciência corporal. A melhora do convívio social é resultado da integração que as modalidades coletivas trazem aos alunos.

A prática continuada e supervisionada por profissionais capacitados favorece o aumento da responsabilidade, já que os esportes exigem a aceitação de diversas regras e uma frequência de treinos e competições que só é possível com alto grau de comprometimento. Quando a disciplina é estendida para os estudos, o resultado é uma tendência a maiores notas e alto nível de engajamento. Pesquisa realizada pela USP com alunos de escolas públicas em 2015 mostrou que aqueles que participavam de programas de iniciação esportiva tinham melhora no rendimento escolar. A mesma relação positiva foi confirmada por estudo do Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento (Pnud) no ano seguinte.

No Grupo Drummond, a prática de esportes é muito estimulada e os alunos são incentivados a participar de torneios estudantis. O Projeto Centro de Esportes e o Projeto Incentivo ao Atleta visam favorecer a inserção e permanência de alunos que se destacam nesse campo e promovem o ensino pedagógico-esportivo. O Grupo organiza anualmente os Jogos de Interação Família-Escola (JIFE), que reúnem todas as unidades e ciclos educacionais como forma de impulsionar o espírito esportivo e a união da comunidade escolar e das famílias dos alunos.

Gostou? Compartilhe!
error20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *