Bullying cresce entre estudantes do Brasil: Como prevenir?

Violência continuada que ocorre sem motivação, com atos repetidos de intimidação física e/ou verbal. A palavra bullying define um problema bastante comum na infância e adolescência. Pesquisa da ONU aponta que metade das crianças e jovens do mundo já sofreu com ataques constantes que vão desde agressões verbais, como apelidar e xingar, até violências mais graves que incluem investidas físicas, assédio sexual e constrangimentos morais e psicológicos.

No Brasil, o número de alunos que afirmam já terem sofrido bullying saltou de 35% em 2012 para quase 47% no final de 2016, segundo o IBGE. Dados recentes do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes dizem que aproximadamente 1 em cada 10 jovens é vítima recorrente de agressões. O relatório foi feito com base em entrevistas com 540 mil alunos de 15 anos.

Os sintomas mais comuns nas vítimas de bullying são depressão, agressividade, baixa autoestima, baixo desempenho escolar, ansiedade e medo. Para Renata Poloni, coordenadora pedagógica da unidade Tatuapé do Colégio Drummond, as ações de prevenção são extremamente importantes: “Uma vez orientados, os alunos poderão detectar e relatar casos à coordenação, que estará encarregada de dar todo o suporte psicológico necessário.”

Em relação aos agressores, Renata ressalta que também devem passar por atendimento psicológico e acolhimento: “Geralmente apresentam problemas em casa e na própria escola e sua defesa é agredir e atacar um colega”, diz a docente.

O Colégio Drummond, de olho na prevenção e conscientização acerca do problema, vem promovendo ações contínuas sobre como detectar e agir em casos de agressões continuadas a estudantes. Os debates com os alunos acontecem mediados por especialistas e pela própria coordenação. A unidade Alvorada, na Vila Formosa, deu início às ações com apresentação do psicólogo André Garcia, realizada em 10 de abril. André é psicólogo clínico, leciona Filosofia e possui Master em Programação Neurolinguística com Foco em Desenvolvimento Humano. No dia 08 de maio, haverá palestra na unidade Tatuapé com o tema “Bullying: o Exercício da Intimidação” mediada por psicóloga e com a presença dos representantes de sala do Ensino Fundamental II (6º ao 9º anos).

Gostou? Compartilhe!
error20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *