10 dicas para se preparar para o mercado de trabalho

O Brasil mostra uma reação às dificuldades econômicas, o que traz perspectivas positivas a quem busca uma colocação ou deseja trocar de posição no mercado. Mas é preciso se mexer para ser reconhecido e conquistar espaço.

Segundo relatório da OCDE, trabalhadores com Ensino Superior ganham, em média, 140% a mais do que profissionais que têm apenas o Ensino Médio. Listamos abaixo 10 dicas para você se dar bem no mercado de trabalho.

1 – Invista em formação acadêmica de qualidade

Escolher uma boa instituição de Ensino Superior é o primeiro passo para se diferenciar no mercado de trabalho. Confira se a faculdade escolhida é reconhecida pelo MEC e qual a avaliação do curso. A formação dos professores também é muito importante. Escolha uma instituição que tenha docentes mestres e doutores. Analise também a estrutura física do local e a facilidade de acesso. Lembre-se que você terá que percorrer esse trajeto durante alguns anos.

2 – Tenha foco

Ter um objetivo claro e definido ajuda a manter o ânimo na busca por uma colocação no mercado e é visto como um grande atrativo por recrutadores. Tente analisar aquilo o que você busca e use esse objetivo como guia para suas escolhas profissionais.

3 – Mantenha-se atualizado

Tente consumir o máximo possível de informações, não só sobre o mercado e o segmento que você pretende atuar, como sobre o momento atual do país e do mundo. O noticiário é uma ótima fonte de referência e manter-se antenado pode ajudá-lo a se destacar em processos seletivos.

4 – Construa boas relações profissionais

O famoso networking (termo em inglês para rede de relacionamentos profissionais) sempre foi um ótimo aliado na busca por colocações no mercado. As redes sociais impulsionaram ainda mais a prática e hoje é possível manter contato direto com profissionais que são referências em sua área de atuação.

5 – Preste atenção ao currículo

Seu currículo é o cartão de visita e a primeira impressão que o recrutador terá de você. Portanto, capriche. Revise a grafia das palavras a fim de evitar erros gramaticais ou de digitação. Formate as informações de uma forma clara e concisa, com destaque para suas qualificações e formação acadêmica.

6 – Aprenda um novo idioma

Falar inglês já é um dos requisitos básicos em muitos processos seletivos. Se você ainda não domina o idioma, busque uma maneira de aprender. Existem diversos cursos gratuitos pela internet e até aplicativos para celular. Você pode aproveitar o trajeto entre sua casa e o trabalho, por exemplo. Se já domina o inglês, pode investir tempo para aprender uma terceira língua, o que o diferenciará ainda mais.

7 – Aproveite os programas de estágio

Estágios são ótimas maneiras de aprender novas habilidades e praticar aquilo que você vem estudando. Em muitas empresas, há a possibilidade de efetivação após o fim do contrato, portanto se esforce. Mesmo que não exista essa opção, desenvolver um bom trabalho pode ajudar em futuras seleções. Encare a rotina como uma oportunidade e priorize o aprendizado de novas habilidades.

8 – Seja flexível

O mercado de trabalho exige cada vez mais habilidades técnicas e comportamentais dos candidatos. Por isso, para alcançar seus objetivos muitas vezes será necessário passar por processos e realizar atividades com as quais você não se identifica tanto. Não desanime. Saber reajustar as velas também é uma característica cada vez mais cobiçada pelas empresas.

9 – Faça trabalho voluntário

Além de ajudar ao próximo, realizar trabalho voluntário pode contar pontos no currículo. Se você tem tempo livre e deseja se empenhar nesse tipo de atividade, saiba que o crescimento é certo, tanto pessoal quanto profissionalmente. O voluntariado pode ser encarado como uma estratégia para alavancar seu currículo, especialmente se você tem pouca ou nenhuma experiência.

10 – Trace um planejamento para o futuro

Após ter seu definido seu foco, é necessário traçar uma estratégia para conquistar seus objetivos. Tenha em mente que o cenário pode mudar e esse planejamento terá que ser revisto periodicamente. Mesmo assim, tente se manter fiel à sua essência e persiga suas metas. Muitas empresas perguntam seus planos para o futuro profissional e ter essa resposta definida previamente tende a contar pontos a seu favor.

Gostou? Compartilhe!
error20

3 thoughts on “10 dicas para se preparar para o mercado de trabalho”

  1. Boa tarde! Meu nome é Cristiana, sou estagiária da Know-How Learning, produtora de cursos online aqui do Rio de Janeiro. A nossa equipe produz cursos e, consequentemente, blog posts relacionados ao mercado de trabalho e achamos que seria interessante propor uma troca de posts. Acham legal a ideia? Aguardo o retorno,
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *