Escola João XXIII implanta Projeto Alunos Tutores

A Escola João XXIII – Unidade Penha do Grupo Educacional Drummond -, iniciou, no final de agosto, o projeto Alunos Tutores, que tem por objetivo melhorar o desempenho estudantil dos alunos. Nesta fase experimental do programa, apenas o Ensino Médio participa.

“Buscamos com esta proposta darmos mais autonomia aos alunos na busca do conhecimento. A coordenação e os professores orientam, evidentemente, em cada etapa do ensino, mas este projeto possibilita integrarmos ainda mais os alunos aos estudos”, pontua a coordenadora Pedagógica do João XXIIII, Maria Isabel.

As principais obrigações do tutor serão de atender aos alunos tutelados e fomentar o relacionamento humano e cordial entre os estudantes; a colaboração para que o aluno se desenvolva dentro da escola; esclarecer pontos obscuros; ampliar a integração entre os alunos; intermediar, quando necessário, as relações entre os estudantes e a coordenação e a direção da escola.

Segundo a coordenação da escola, a ideia subsequente será avaliar o programa e ampliar para outras séries também terem alunos tutores. “No próximo ano, analisaremos junto com os alunos, tutores, professores, direção e coordenação, quais aspectos ainda podem melhorar neste projeto e de que modo poderemos ampliá-lo”, afirma Maria Isabel, lembrando, também, que as aulas tutelares são realizadas todos os dias no período vespertino, ou seja, após as aulas normais.

Tutor

João Lucas, 14 anos, aluno do 1º ano do Ensino Médio é um dos tutores deste novo projeto. Para ele, o programa possibilitará que os alunos consigam entre eles aprimorarem seus estudos. “O projeto tem tudo para dar certo e vai melhorar o entendimento com as matérias. Há casos de colegas que têm vergonha de tirar suas dúvidas em salas de aula e aproveitam a tutoria para esclarecer”, comenta o estudante. “Os alunos tutores sabem da realidade dos demais alunos porque estão no mesmo patamar. Quando as dúvidas não são respondidas na tutoria, voltamos aos professores e pesquisamos mais sobre os temas abordados”, pontua.